segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

MAIS UM ANO QUE PASSOU...

Melancolia. Esse é o sentimento que me dominou praticamente o ano inteiro quando o assunto era futebol. Exceto um ou outro momento mais animado (raríssimos), o ano do torcedor vascaíno foi sem graça, modorrento, frio. Motivos há aos montes. Ei-los:

- Comissão técnica fraca:
Por todo o ano, tivemos técnicos medíocres. TODOS. Sem exceção. O último bom treinador que o VASCO teve chama-se Dorival Junior. Vide os excelentes trabalhos à frente de Santos e Galo. Tívessemos mantido o comandante da jornada de 2009, tenho a impressão de que o ano teria sido melhor.

- Elenco fraco: Muito embora há quem diga que o elenco do VASCO é razoável, e eu às vezes tendo a concordar, está longe de ser bom. Muito longe. Temos bons jogadores. Se o Cazalber recuperar a forma física, se o Felipe recuperar o condicionamento físico necessário para encarar nosso calendário (jogador que passa mais de um ano no Oriente Médio perde toda a condição de jogar por aqui), se o Ramon conseguir jogar 10 partidas sem se machucar, se o VASCO conseguir contratar um centroavante que saiba fazer gols, se, se, se, se...

Diretoria fraca: Chega. Acabou a paciência. Definitivamente. O Roberto jogador vai estar pra sempre na memória e coração de todo vascaíno com mais de 35 anos como maior ídolo da história. O presidente, se não ganhar nada em 2011 (bati na madeira 500 vezes), passa para história como um dos piores de todos os tempos, além de perder toda a credibilidade. Prometeram mundos e fundos, inclusive filas de patrocinadores, e nada. Nada mesmo. As notícias que chegam dão conta do total abandono de São Januário, além do eterno problema de atrasos de salários de jogadores e funcionários. Não bastasse isso, essa diretoria tem descaracterizado o clube, tem se afastado das nossas origens históricas. Demonstram uma absoluta falta de conhecimento e de comprometimento com a história e a postura orgulhosa e altiva que sempre tivemos. O VASCO não tem que ser o clube simpático a queridinho de ninguém. Basta ser amado por nós, vascaínos. Os outros, TODOS, podem e devem nos odiar, e, acima de tudo, temer. O VASCO temido, respeitado e odiado pelos rivais hoje é só uma lembrança distante. Uma pena.

***************************************************

Estive, essa semana que passou, em São Paulo, a trabalho. Tive a oportunidade de beber num autêntico pé-sujo paulistano - Rota do Acarajé - na companhia ilustre de grandes amigos corinthianos e palmeirenses. Estava devidamente paramentado com a lendária camisa cruzmaltina, como provam as fotos abaixo. Percebi que a história imaculada do meu clube é respeitada e conhecida pelos irmãos de arquibancada daquelas bandas da Dutra. A noite foi agradabilíssima, regada a muita Brahma gelada, bons tira-gostos e muito papo agradável. Tive ainda o privilégio de ouvir um roda de samba que surgiu no fim da noite, com uma seleção de músicas de altíssimo nível e bastante eclética. Deixo aqui meu agradecimento sincero a todos aqueles que dividiram esse momento impagável, e a certeza de que quando pisarem por aqui, a forra é certa.

Teo, autor do verdadeiro Estatuto do Torcedor, que pode ser lido aqui

Claudi Yida Jr, do Chuta que eh macumba

SAUDAÇÕES VASCAÍNAS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Curtas:

* Espero da torcida em 2011 um comportamento mais contundente. Sempre digo, apoiar com bola rolando é fundamental, mas paciência tem limite.

* A barca está atracada em São Januário. Tem muito passageiro em potencial. Inclusive dentre aqueles que estão voltando de empréstimos...

* Que São Januário e Nossa Senhora das Vitórias olhem por nós em 2011.

8 comentários:

  1. Sensacional! Precisamos fazer dessas geladas uma constante.

    E viva o futebol!

    ResponderExcluir
  2. Esperamos que em 2011 a festa seja nossa.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Indiquei seu Blog a um Selo, passa la no Blog do Vascão e confira!

    Abraço
    Jeferson

    ResponderExcluir
  6. Faaaala João. Blz?

    Cara, concordo com o seu texto em gênero, número e grau. Precisamos melhorar muito na Colina.

    Obs - indiquei o seu blog para o prêmio SELO DA PAZ.

    Passe no Vascão Amor Eterno e veja.


    Abçs e SV.

    Carlos Vascaíno.

    ResponderExcluir
  7. moro em sao paulo mais nao tem distancia que separe meu amor pelo vasco.moro em sao paulo mais nao tem distancia que separe meu amor pelo vasco.

    ResponderExcluir
  8. cadê as torcidas organizadas? não fazem nenhuma homenagem! não fazem nenhuma faixa e nenhuma canção sobre o bicampeonato mundial 1953 e 1957 ,a urubuzada é uma torcida mukirana mais eles dizem que são hexa,fazem faixa e canção para o timeco deles.acorda torcidas organizadas do vascão faça sua parte confecciona faixas e leva para os estádio e exija que o sr dinamite coloque 2 estrelas do bi campeonato mundial.
    E DEVER DE TODO VASCAINO PASSAR ADIANTE ESSA IDÉIA DO BI CAMPEONATO MUNDIAL 53/1957.

    ResponderExcluir

Solta o verbo, amigo !!!!